Google+ Márcia Vieira Yellow

segunda-feira, 24 de junho de 2013

MINHA CASA, MINHA VIDA: SORTEIO

Minha Casa, Minha Vida

Sorteio para o Residencial Vitória foi realizado nesta sexta-feira  



Foi realizado, na manhã desta sexta-feira, 21, o sorteio das casas do Residencial Vitória, empreendimento do Minha Casa, Minha Vida localizado no Distrito Industrial de Montes Claros. Mais de 350 famílias, beneficiadas pelo programa, compareceram ao Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves para acompanhar o sorteio, feito com o objetivo de definir, de maneira democrática e transparente, a localização das casas que serão ocupadas. Todos os presentes tiveram a documentação aprovada pela Caixa Econômica Federal e foram contatados pela Diretoria de Habitação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Montes Claros.





Helenice Ferreira de Souza foi a primeira a saber o endereço de sua nova casa. Vítima de paralisia infantil, a cadeirante foi incluída na porcentagem das unidades do residencial destinada aos deficientes físicos, que é de 5%. Aposentada, Helenice vive há 15 anos no bairro Conferência Cidade Cristo Rei, juntamente com seu marido, Selvino de Brito Sales. Com a mudança para o novo bairro, a casa em que viviam será demolida, como parte do projeto de urbanização do Cidade Cristo Rei. “Vamos para uma casa maior, com quintal. Vai melhorar”, contou Helenice, que se emocionou muito na hora em que foi chamada.  

Quem também terá a casa demolida devido à revitalização do Cidade Cristo Rei é Fabiano Cardoso Costa, que há 25 anos mora no bairro. O motorista vê a mudança para o Residencial Vitória como um novo começo para ele e as duas filhas. “É um bairro novo, com ruas largas e casas bem feitas. Vai ser uma melhoria para mim e minha família”, destacou.

Quem também vive a expectativa de um novo começo é o mecânico Claudionor Bispo da Silva. Casado com Dalvany, com quem cria cinco filhos, o mais novo com um ano e meio, Claudionor recentemente teve que sair do cômodo de aluguel que ocupava com a família, em uma oficina mecânica. Claudionor estava morando em uma barraca de lona, que montou em um lote vago, quando foi avisado que seu nome havia sido aprovado pela Caixa. “Foi uma alegria imensa. Quando me falaram [da aprovação] comecei a chorar, e a atendente [da Diretoria de Habitação] chorou também. Estava pensando que não ia dar conta, mas Deus, em sua infinita misericórdia, nos resgatou”, disse, ao lado da família.

Participaram do sorteio Raquel Muniz, chefe de gabinete do Prefeito de Montes Claros, Franklin de Paula Silveira, secretário de Desenvolvimento Social, vereadores e representantes da Caixa Econômica. Em sua fala, Raquel Muniz lembrou que para este ano estão previstas pelo menos mais cinco entregas de empreendimentos do Minha Casa, Minha Vida em Montes Claros. “Este é o momento de vocês, amanhã será a vez de alguém próximo a vocês”, lembrou.

RESIDENCIAL VITÓRIA – Localizado no Distrito Industrial de Montes Claros, o residencial possui 499 casas, todas compostas de dois quartos e equipadas com aquecedor solar, piso de azulejos e forro com acabamento em PVC no teto. A entrega das chaves está marcada para o dia 3 de julho, aniversário da cidade.

CADASTRO – O cadastro para o Minha Casa, Minha Vida pode ser feito pelo site da prefeitura (http://www.montesclaros.mg.gov.br/agencia_noticias/2013/mai-13/Cadastramento-Minha-Casa-Minha-Vida-060513.htm). As pessoas que não têm acesso à internet podem se cadastrar nos 11 telecentros gratuitos do município. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, através da Diretoria de Habitação, contratou 50 estagiários para atuar nestes locais, orientando quem não possui domínio da informática.

Texto: Daniel Moraes
Fotos: Márcia Vieira

VEJA TODAS AS FOTOS EM:



  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade para deixar seu comentário, sugestão ou crítica, desde que respeitados os limites e a linha do blog, de não exibir conteúdo venal ou ofensivo a quem quer que seja.Postagens anônimas não serão aceitas.Posts de outros autores não refletem necessariamente a opinião do editor.